quinta-feira, maio 19, 2005

CML distribui verba por instituições de apoio aos sem-abrigo

A Câmara Municipal de Lisboa decidiu esta semana distribuir cerca de 490 mil euros por várias instituições de apoio aos sem-abrigo, uma decisão que se insere no âmbito do Plano Municipal de Prevenção e Inclusão de Toxicodependentes e Sem-Abrigo.

No decorrer da última reunião de câmara, a vereadora da Acção Social, Helena Lopes da Costa, apresentou várias propostas de transferência de verba para diferentes instituições, cujo trabalho se destina a apoiar a população sem-abrigo.

Na lista das entidades que irão receber o apoio da autarquia estão a Associação Futuro Autónomo (uma Associação de Solidariedade Social que desenvolve projectos no âmbito da problemática da exclusão social), a Vitae – Associação de Solidariedade e Desenvolvimento Internacional (que promove o apoio à reinserção familiar, social e profissional das pessoas sem-abrigo e toxicodependentes), a Fundação AMI-Portugal e a Comunidade Vida e Paz.